segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

O Retorno da Mineração de Bitcoin

Ola! Segue uma interessante notícia de 21-01-2016 sobre a Mineração de Bitcoin:

A mineração do Bitcoin está ficando um pouco mais atrativa novamente.Quando a popularidade da moeda virtual estava em alta a alguns anos, quase todo mundo poderia montar um computador em seu porão para minerar bitcoins, um processo necessário para registrar transações e garantir a propagação do dinheiro digital, que existe como um software.
Mineradores que colocam suas máquinas para trabalhar na solução de problemas computacionais
complexos (e pagam pelo hardware e uma conta de luz mais alta) foram recompensados com novos bitcoins por seus esforços. Alguns tornaram-se milionários, já que o preço do bitcoin atingiu um pico de US$ 1.137 em 2013 em menos de dois anos partindo de US$ 13.Depois, o preço do bitcoin desabou para um valor mínimo de US$ 183 no ano passado, deixando somente grandes mineradores com recursos significativos na ativa. Muitos acharam mais lucrativo entrar em grupos de mineração ou grupos de mineradores que compartilham poder computacional para colher novos bitcoin mais rápido e de maneira mais eficiente.

Agora existem indícios de que iniciativas de mineração mais amplas estão retornando graças ao preço do bitcoin, que dobrou desde setembro. Embora esse não seja o único fator que determina se a mineração é lucrativa, trata-se de um fator importante.
“Quando o preço sobe, há mais confiança na mineração, e (fabricantes de equipamentos de mineração) partem para a criação dos chips da próxima geração”, disse Bobby Lee, presidente da BTCC, uma corretora de bitcoin sediada em Xangai. “Para as pessoas que já compraram equipamentos, haverá um aumento em seus retornos sobre o investimento (em inglês, ROI).” A BTCC também opera o segundo maior grupo de mineração de bitcoin do mundo.

A Genesis Mining, que tem mais de 130.000 pessoas que compram poder computacional de seus hardwares de mineração para participarem do processo de mineração, está observando retornos mais altos. Um investimento de US$ 419 rendeu um retorno de cerca de US$ 2,42 por dia em novembro, face a US$ 1,14 em setembro. Com os preços mais altos do bitcoin, um especulador seria capaz de recuperar seu dinheiro em cerca de seis meses, ao invés de mais de um ano.Em um cenário de subida de preço, você pode ver a demanda triplicar”, diz o presidente Marco Streng. “E algumas vezes aumenta ainda mais.”

É um empreendimento arriscado. Os preços do Bitcoin são famosos por serem voláteis. Além disso, neste ano o software do Bitcoin está programado para diminuir pela metade o número de moedas que são conseguidas em atividades de mineração (parte de um sistema de regulamentação de fornecimento embutido). Ao mesmo tempo, serão necessários equipamentos mais poderosos, e portanto caros, para atender ao poder de processamento necessário para minerar bitcoins.

Por hora, no entanto, o grupo da mineração segue forte. A BTCC viu a quantidade de poder computacional usado em seu grupo dobrar nos últimos seis meses.

“Todas as pessoas do nosso grupo estão ganhando dinheiro, porque as pessoas que não estão não deixariam suas máquinas ligadas”, disse Lee, presidente da BTCC.

Fonte: 
http://www.bitcoinnews.com.br/bitcoinbrasil/o-retorno-da-mineracao-de-bitcoias/

Nenhum comentário:

Postar um comentário